quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Matéria Sombria de Hoje: O Vampiro de Monte Santo


Boa tarde leitores e simpatizantes deste humilde blog que tem a difícil tarefa de difundir o misterioso e o sobrenatural. A matéria de hoje é sobre um caso que intriga as pessoas a muito tempo em todo Brasil. Falaremos hoje sobre um vampiro que assombrou o nosso país no passado. É comprovada cientificamente uma doença, chamada vampirismo. Segundo minhas pesquisas trata-se de uma doença rara, que manifesta-se em todos os cantos do globo. Enquadrada como canibalismo, a doença manifesta-se quando o enfermo começa a sentir forte vontade de engolir sangue humano. Agora eu gostaria de perguntar-lhes: Esta doença não seria uma prova de que estes seres que sugam sangue conhecidos como vampiros realmente existem e estão entre nós? Você pode pensar que estou exagerando, mas as provas estão aí, não dá para deixar de supor que essas lendas que tem origem romena podem ter um fundo de verdade. Eu não gostaria de assustar ao leitor, mas acreditem, vampiros realmente existem e estão entre nós. E é disso que se trata nossa matéria de hoje. Conheceremos um dos casos de vampiros mais famosos em nosso país.
O nome dele é Benedito, e estava aprisionado em um hospital psiquiátrico devido a suas perturbações homicidas. Aos cinquenta e nove anos era um homem marcado pelo passado doloroso. O pai era um homem mal e alcoólatra. Aos três anos o pequeno Benedito perderia a mãe tragicamente. Daí então o menino e seus jovens irmãos passariam a serem alvos constantes do progenitor cruel e violento. Aos oito anos, o menino começaria a manifestar os primeiros sintomas do vampirismo. O rapaz começa então a ter uma macabra fascinação pela cor do sangue dos animais aos quais matava maldosamente.
Aos dezoito anos o rapaz começa a beber demasiadamente e aos dezenove faz a primeira vítima...  Assassina friamente três trabalhadores do campo próximo a sua casa. É então pego pela polícia. Ele não toma o sangue das vítimas em seu primeiro assassinato. É pego rapidamente pela polícia e preso. Na cadeia, conta macabramente, lembrando-se de cada detalhe tudo sobre os seus três primeiros assassinatos. Logo consegue escapar da cadeia, e é o começo da trajetória onde este indivíduo fara novas quatorze vítimas...
A primeira delas é um homem na cidade de Matão em Goiás, no ano de 1961, bebe sangue pela primeira vez quando assassina a própria namorada. Inicia-se então uma trilha de mortes violentas e trágicas, varias pessoas são assassinadas pelo homem que bebe fluido humano. As mortes ocorrem nas cidades Ituitaba, Porto Alegre e Cambuí. Incansável em sua fuga, caminhando as escondidas sempre próximo as velhas estradas ferroviárias, o homem percorre mais de 15.000 km.
Em 1967, ele quase é preso quando tenta assassinar a nova companheira. Ele é preso. Mas a polícia é incapaz de mante- lo sob custódia por ainda não conhecer as suas outras mortes. Então ele é solto...
Logo em seguida chega na pequena cidade de Monte Santo, lá é tratado por todos com extrema desconfiança. Alguns moradores repudiavam-no por sua aparência estranha e os grandes dentes de sua bocarra. Ele mata duas crianças na cidade. Os moradores denunciam-no. Ele passa a ser perseguido pela polícia da cidade. Em Araguai, doze dias depois, Benedito mata novamente uma criança, mas é preso novamente e julgado por seus crimes. Eles os confessa sem remorso diante da polícia. Após o julgamento ele é considerado doente mental e paga por seus crimes no Manicômio Judiciário Franco de Franco da Rocha São Paulo. Mas no dia 27 de Junho fugiu aproveitando o descuido dos funcionários.
O paradeiro de Benedito, o vampiro de Monte Santo, é desconhecido até os dias de hoje, mas sua história de mortes e sangue derramado permanece até como mais uma História Assombrada

Um comentário:

  1. a cidade onde fez sua ultima vitima é Aguaí,eu moro nessa cidade.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...